Câncer de próstata: doença silenciosa

« MAIS NOTÍCIAS


16/09/2015

A doença ocupa a segunda posição entre os tipos de câncer que mais matam os homens, só perde para o de pulmão, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA).

A próstata é uma glândula localizada próxima à bexiga e que envolve a uretra. Seu crescimento, em decorrência da multiplicação desordenada de células anormais, é um importante sinal de câncer. A sua origem é desconhecida, mas presume-se que alguns fatores possam influenciar no desenvolvimento da doença:
- fator genético: a presença de câncer de próstata em parentes de primeiro grau, principalmente, eleva o risco em três vezes ou mais;
- fator hormonal também é levado em consideração pelos especialistas;
- dietas ricas em gordura predispõem a doença. 

Sintomas
O câncer de próstata aparece silenciosamente. Na sua fase inicial, a pessoa não sente nada, mas com sua evolução, começam os sintomas:
- dificuldade para urinar;
- jato urinário fraco ou com interrupções;
- sensação de não esvaziar a bexiga;
- sangramento na urina;
- anemia;
- perda de peso;
- ínguas no pescoço também podem ser as primeiras manifestações;
- dores ósseas são sinais de um estágio mais avançado.

Prevenção
A partir dos 50 anos, todo homem  deve procurar um urologista para fazer anualmente uma avaliação clínica da próstata. Se tiver casos na família, a investigação deve começar a partir dos 40 anos. O tratamento depende do estágio da doença que, se for detectada no início, tem cura. Por isso, vale a pena deixar o preconceito de lado e fazer os exames preventivos necessários.